A HISTÓRIA DOS BRINCOS

Oi amores,
Como agora estamos produzindo brincos resolvemos falar um pouco sobre o surgimento deste acessório que enfeita nosso rosto.

Crenças antigas afirmavam que os espíritos malignos penetravam pelas perfurações no corpo das pessoas, e para impedir que isso ocorresse criaram os brincos para cobrir estes furos.
O brinco mais antigo encontrado e documentado pertenceu a um homem! Ele era um rei sumério que governava a cidade-estado de Ur (no atual Iraque).
Estudos afirmam que por volta de 2500 a.C os brincos eram sinal de riqueza e identificação cultural e que inicialmente era uma utilizado exclusivamente pelos homens.

Mas este acessório não foi usado apenas pela nobreza, era usado livremente por piratas para indicar que tinham viajado pelo mundo. Os marinheiros também usavam para o pagamento de um enterro digno, caso morresse afogado.
Imagens esculpidas nas paredes da Pérsia Antiga, nos revelam que essa prática também era muito comum entre os soldados desse império.

Vindo para os tempos atuais, na África os brincos têm significado mágico, ritualístico e religioso. Para eles, fazer joias, é uma expressão da alma e um símbolo de prosperidade e proteção.

Por aqui, usamos os brincos para completar o look combinando com os calçados e outros acessórios.
Na hora de escolher o brinco que vamos usar é importante levar em conta o tipo de impressão que queremos passar, o local que iremos e o quanto de atenção queremos chamar. Muito importante também identificar o formato do rosto para que possamos combinar os brincos com o nosso perfil e estilo.

Nossa linha de Brincos é composta por metal em banho dourado no formato de coração, nossa marca linda que tanto amamos e o couro legítimo já utilizado em nossos calçados.

Nossa história no ramo de calçados femininos começa em 2012. Entre erros e acertos a empresa foi se consolidando e ao longo do tempo, o que era um sonho tornou-se uma realidade.

Comente:

Your email address will not be published.

Site Footer

Sliding Sidebar